Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

02/10
Trigo forrageiro pode salvar perdas com clima adverso no Brasil

Trigo forrageiro pode salvar perdas com clima adverso no Brasil

De acordo com a Consultoria Trigo & Farinhas, o trigo brasileiro danificado pelas chuvas, ventos fortes, geadas e granizos nesta safra 2015/16 pode ainda ser salvo se comercializado para consumo animal. “Este trigo forrageiro tem mais demanda internacional no Brasil do que o trigo para consumo humano, porque estamos muito longe dos compradores do Norte da África e do Oriente Médio e perdemos no frete para os países do Mar Negro e da Europa”, afirma Luiz Carlos Pacheco, analista sênior da Consultoria.

De acordo com projeções da Trigo & Farinhas divulgadas nesta semana, não se sabe ainda a extensão total dos danos, porque nem todas as regiões terminaram a colheita. A projeção é de que cerca de 1,6 milhão de toneladas poderia ser atingido. Isso significaria nada menos que 25% da produção total, que é estimada em até 6,5 milhões de toneladas.

“Este trigo não serviria para o processo de moagem para consumo humano, mas teria mercado como trigo forrageiro, para alimentação animal, principalmente para exportação, com preço ao redor de US$ 165/tonelada FOB portos brasileiros”, aponta a consultoria em comunicado.

Segundo Pacheco, “os preços de exportação do trigo forrageiro, convertidos em reais por saca posto no interior do Rio Grande do Sul ou no Sudoeste do Paraná liquidariam algo ao redor de R$ 32,00/saca, acima dos preços do trigo ‘normal’ do RS e apenas levemente abaixo do trigo hard do Paraná, garantindo ao triticultor boa lucratividade, mesmo com a quebra de qualidade”.

“As perspectivas são de preços bons para esta temporada, tanto para o trigo de boa qualidade, quanto aquele que for colhido apenas para consumo animal”, conclui o analista.

Fonte: Agrolink