Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

18/02
Tecnologia de hidrogênio verde na produção de fertilizantes

Tecnologia de hidrogênio verde na produção de fertilizantes

Empresas privadas do setor agrícola estão estudando a utilização de tecnologia de hidrogênio verde na produção de fertilizantes. De acordo com a Yara International ASA, uma dessas empresas, o principal objetivo é produzir alimentos cada vez mais saudáveis e com práticas menos agressivas ao meio ambiente.

Para isso, a companhia acabou formando uma parceria com a ENGIE onde irão buscar a produção de fertilizante sem carbono, sendo que o hidrogênio limpo é o principal facilitador para a fabricação de amônia livre de CO² ou “verde”, que é o ingrediente chave para o fertilizante ecologicamente correto. O objetivo do estudo é projetar uma usina de hidrogênio verde integrada com a planta de amônia da Yara em Pilbara, Austrália, que é um local com, com bastante sol e água do mar, ingredientes fundamentais para a produção de hidrogênio renovável.

Para isso os pesquisadores irão converter a planta de amônia de Pilbara, de um tipo que depende completamente do gás natural para o seu hidrogênio para uma onde parte significativa de seu hidrogênio vem de energia renovável. Segundo eles, alcançar a meta reduzirá significativamente as emissões de CO² da planta. “A Yara e a ENGIE têm o conhecimento e a experiência complementares para empreender um projeto tão complexo, mas o principal ingrediente desse empreendimento é nosso compromisso mútuo com um planeta mais saudável e um futuro sustentável”, diz Yves Bonte, da EVP New Business.

“Juntos, Yara e ENGIE estão agindo para entender melhor como fazer a tecnologia de hidrogênio verde funcionar, e para a Yara, é de particular importância entender como isso pode nos ajudar a tornar nossos fertilizantes livres de carbono a um custo aceitável”, finaliza Bonte.

Fonte: Agrolink