Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

16/01
Soja trabalha em campo positivo nesta 4ª feira em Chicago em ajuste técnico depois das baixas

Soja trabalha em campo positivo nesta 4ª feira em Chicago em ajuste técnico depois das baixas

Os preços da soja sobem na manhã desta quarta-feira (16) na Bolsa de Chicago. Depois de perderem mais de 10 pontos no pregão anterior, sentindo, principalmente, a preocupação sobre as relações comerciais entre China e Estados Unidos, as cotações passam por um movimento de correção, com o mercado ainda sem direção e dando continuidade à essa passagem pelos dois lados da tabela como vem acontecendo nos últimos dias.

Perto de 8h (horário de Brasília), os futuros da commodity subiam entre 4,50 e 5 pontos, com o março ainda abaixo dos US$ 9,00, valendo US$ 8,98 por bushel, enquanto o maio/19 tinha US$ 9,11.

Os ganhos entre as cotações, porém, ainda são bastante frágeis, uma vez que, embora já conhecida, a falta de notícias novas limita as movimentações em Chicago, e tira o ânimo dos traders em torno das especulações.A colheita em andamento no Brasil dá ainda mais força para esse cenário.

China e Estados Unidos continuam a negociar, porém, as informações sobre esse possível avanço nas conversas não chegam ao mercado. Entre 30 e 31 de janeiro, as delegações dos dois países voltam a se encontrar, dessa vez em Washington.

Segundo informou a Reuters nesta quarta, “o representante de Comércio dos Estados Unidos, Robert Lighthizer, garantiu a parlamentares que empresas poderão pedir exclusão de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em bens sob discussão com Pequim se as negociações não renderem um acordo até o prazo de 2 de março”.

Paralelamente, o quadro na Europa e mais toda a questão e polêmica do Brexit também entram no radar dos traders.

“Os investidores estão relutantes em entrar comprando com mais agressividade. Ainda mais com o caos que se instalou na Inglaterra após a pior derrota de um governo inglês no parlamento em mais de 90 anos, quando o governo de direita fracassou na tentativa de aprovar o pacote do Brexit. Por mais que não afete o mercado de soja de modo direto, pode levar fundos de investimento a se proteger do risco geopolítico e esvaziar mais posições de risco nas commodities agricolas”, explica o diretor da Cerealpar, Steve Cachia.

 

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas