Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

31/08
Soja testa leves altas em Chicago nesta 6ª e mercado ainda se ajusta para início de setembro

Soja testa leves altas em Chicago nesta 6ª e mercado ainda se ajusta para início de setembro

Depois de voltar a tocar em suas mínimas em seis semanas, os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago voltaram a subir de forma limitada na sessão desta sexta-feira (31). Perto das 8h (horário de Brasília), as cotações subiam entre 2,25 e 3,50 pontos. O contrato novembro/18, referência para o mercado neste momento, tinha US$ 8,35 por bushel.

“Último dia da semana e encerramento do mês e as atenções voltadas a postura dos fundos de investimento”, diz o diretor da Cerealpar, Steve Cachia. “O mercado tenta decretar “fundo do poço”, mas ainda sofre pressao sazonal da aproximação do período de entrada da safra nova dos EUA, que deve ser recorde este ano, e da ausência da China no mercado de soja americano, sem nenhum sinal de acordo na guerra comercial EUAxChina”, completa.

O mercado mantém suas atenções ainda divididas entre seus fundamentos, a guerra comercial e ainda encontra espaço para acompanhar a movimentação do dólar frente ao real. As incertezas externas e, principalmente as internas, ainda agem como combustível para a moeda americana, mas agora o Banco Central brasileiro volta a intervir e pode ajustar esse movimento. Ontem, a divisa alcançou os R$ 4,20.

“Resumindo, o mês de agosto foi desastroso para a tendência dos preços internacionais de soja e para a economia brasileira, mas favorável para manter em níveis elevados os preços de soja em reais no mercado interno brasileiro”, diz Cachia.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas