Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

08/06
Soja sobe em Chicago nesta 5ª com recompra de fundos e especulações sobre o clima nos EUA

Soja sobe em Chicago nesta 5ª com recompra de fundos e especulações sobre o clima nos EUA

Os futuros da soja seguem trabalhando com boas altas na Bolsa de Chicago nesta quinta-feira (8). Por volta de 7h40 (horário de Brasília), os principais vencimentos subiam entre 9,25 e 9,75 pontos, com o contrato julho/17 de volta aos US$ 9,40 por bushel. Já o novembro/17, referência para a safra americana, valia US$ 9,45.

Segundo explicam analistas internacionais, as cotações seguem encontrando suporte no movimento de recomposição de posições por parte dos fundos diante das preocupações com algumas adversidades climáticas que começam a ser observadas no Corn Belt.

No intervalo dos próximos 6 a 10 dias, segundo o Commodity Weather Group (CWG), a tendência é de uma tendência mais quente e seca no Meio-Oeste americano, porém, com algumas chances de chuvas localizadas. Na sequência, nos próximos 11 a 15 dias, algumas chuvas começam a aparecer nos mapas, e são importantes, ainda segundo o CWG, para amenizar o tempo seco na região.

 

O mercado se posiciona ainda antes do novo reporte mensal de oferta e demanda que chega nesta sexta-feira, 9 de junho, pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

E ainda nesta quinta-feira, o departamento americano atualiza ainda os números das vendas semanais para exportação do país. As expectativas do mercado para a oleaginosa são de algo entre 300 mil e 500 mil toneladas, de 50 a 150 mil de farelo e de 8 a 25 mil toneladas de óleo da safra velha.

A demanda permanece aquecida e ainda exerce o papel de um dos principais pilares de sustentação para as cotações na Bolsa de Chicago.

Por: Carla Mendes

Fonte: Notícias Agrícolas