Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

11/10
Soja em Chicago trabalha em campo negativo nesta 5ª feira se preparando para chegada do USDA

Soja em Chicago trabalha em campo negativo nesta 5ª feira se preparando para chegada do USDA

O mercado futuro norte-americano da soja, nesta quinta-feira (11), testa leves baixas à espera do novo boletim mensal de oferta e demanda que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulga na tarde de hoje. Por volta de 8h (horário de Brasília), as cotações recuavam entre 3,75 e 4 pontos nos principais vencimentos, com o maio/18 valendo US$ 8,48 por bushel.

Os dados atualizados do USDA chegam às 13h (horário de Brasília) e, segundo as expectativas do mercado, deverão mostrar um um aumento nas estimativas de produção, produtividade e estoques norte-americanos e as especulações já pesam sobre as cotações. Ontem, os preços caíram mais de 10 pontos.

“As novas estimativas poderão trazer novos aumentos de produção para a soja norte-americana, frente à uma demanda pelo grão em decadência com a vigente e permanente Guerra Comercial EUA-China”, explicam os analistas da AgResource Mercosul (ARC).

Na outra ponta, as condições de clima nos EUA ainda dão algum suporte aos preços, uma vez que chuvas intensas continuam a chegar ao Corn Belt.

“As projeções climáticas estadunidenses têm desenvolvido uma delicada situação para safra do Cinturão Agrícola, que já apresenta
problemas pontuais de enchentes sobre o extremo norte do Cinturão. Ainda é prematuro afirmar perdas generalizas em nível nacional”, complementa a consultoria internacional.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas