Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

Soja em Chicago busca direção nesta 3ª feira diante do clima e do desenvolvimento da nova safra nos EUA

O mercado internacional da soja trabalha com oscilações tímidas na manhã desta terça-feira (20), porém, testando os dois lados da tabela. A típica volatilidade desse momento é o reflexo do mercado climático e das informações que começam a chegar dos campos americanos sobre o desenvolvimento das lavouras da safra 2017/18.

No final da tarde desta segunda (19), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe seu novo reporte semanal de acompanhamento de safras, indicando o aumento de 1 ponto percentual no índice de lavouras em boas ou excelentes condições para 67%. O mercado, porém, esperava uma melhora de 2 pontos para a oleaginosa.

Por outro lado, o trigo de primavera, que vem chamando muita atenção nesta temporada em função das adversidades climáticas pelas quais tem passado teve uma nova queda de 45% para 41%, enquanto os traders apostavam em uma melhora para até 47%.

Dessa forma, o rally dos futuros do cereal continua e, somente em Chicago, as cotações sobem mais de 1% no pregão de hoje. Em algumas das demais bolsas americans, o trigo registra suas máximas em dois anos.

Assim, o mercado segue acompanhando as previsões climáticas – atulizada mais de uma vez no dia por alguns modelos climáticos – e, portanto, ainda bastante indeciso e buscando por uma nova tendência.

 

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas