Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

24/08
Região Sul se prepara para colher frutas e grãos

Região Sul se prepara para colher frutas e grãos

No Brasil, devido a grande extensão territorial e diversidade climática, sempre é tempo de plantar e colher. Na região Sul, por exemplo, os agricultores familiares se preparam para colher as culturas típicas de inverno. Entre os principais grãos estão o trigo, a canola e a cevada, que começam ser extraídos em setembro. No caso das frutas, são destaque do segundo semestre as de caroço, sendo a principal o pêssego, que começa a ser colhido no final de outubro. Além desses produtos, no final de novembro será a vez da batata, cebola e alho.

Também é tempo de plantar. A partir de setembro é feito o plantio do arroz, sendo o Rio Grande do Sul o maior produtor nacional do grão, que será colhido a partir de fevereiro. Já as hortaliças não têm época determinada – elas podem ser plantadas e colhidas o ano todo. “Só no Rio Grande do Sul são mais de 70 tipos de hortaliças”, afirma o engenheiro agrônomo Antônio Conte, da Emater/RS, que presta atendimento de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) aos agricultores familiares do estado. “Damos orientações específicas para cada cultivo”, diz. Mas uma orientação é consenso, segundo ele. “Manter a conservação do solo, com cobertura de palhas é uma prática comum”, explica, ao garantir que a iniciativa assegura a qualidade da terra.

As frutas seguem a regra das hortaliças. De acordo com Antônio Conte, as que são cultivadas no Sul são as típicas do clima frio. “São frutas como maçã, pêssego, nectarina e uva, que são cultivadas principalmente no inverno”, exemplifica. A colheita se dá ao longo do ano, cada uma respeitando as especificidades de cada localidade. Em setembro começa a colheita do morango. “A produção de morango de dias neutros se estende até maio do ano que vem. Ela diminui um pouco o volume da colheita em janeiro e fevereiro, mas continua até fim de abril e inicio de maio”, explica Antônio Conte. Já a uva, fruta símbolo da região Sul, tem a colheita iniciada em dezembro.

Inverno
Este ano, o inverno rigoroso favoreceu o cultivo de frutas como a uva, maçã, ameixa, pêssego, kiwi e caqui. Segundo Antônio Conte, essas frutas precisam de um regime de dormência durante o inverno. “Esse frio que está ocorrendo com intensidade no Rio Grande do Sul é uma condição favorável para que essas espécies entrem em um novo ciclo a partir do mês de setembro para apresentar produção no fim do ano e no semestre que vem”, explica. São plantas que precisam da ocorrência do frio para produzir uma safra boa”, acrescenta. “Este ano o inverno foi bem definido e isso foi bom para essas culturas”, destaca.

Fonte: Portal do Ministério do Desenvolvimento Agrário