Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

10/09
O PLANTIO CORRETO DA CULTURA DO MILHO

O PLANTIO CORRETO DA CULTURA DO MILHO

O planejamento da nova safra de verão está sendo concluído, e a primeira cultura a ser implantada é o Milho de primeira safra (Grão e/ou Silagem).

No primeiro passo, que é a escolha do hídrido, precisamos ponderar o propósito e o nível tecnológico, correspondentes ao material que será semeado.

O segundo passo importante é o correto manejo de dessecação das plantas de cobertura e também daninhas existentes na área, para posterior semeadura da cultura, no limpo, para que esta não sofra competição por nutrientes, água e luz nas fases de germinação e desenvolvimento inicial.

O terceiro passo, este ligado diretamente à semeadura, precisamos estar atentos na verificação dos componentes da semeadora, e na sua correta regulagem e aferição, para que não ocorram imprevistos durante a operação de plantio.

Existem vários modelos de Semeadoras/Adubadoras com vários tipos de dosadores de sementes e fertilizantes. Um dos dosadores de sementes mais encontrados em nossa região é o dosador convencional que baseia-se em um em disco na forma horizontal. O agricultor que possuir este equipamento, deve seguir a orientação que consta na embalagem da semente de milho (disco e anel), e antes do momento do plantio, deve pegar algumas sementes e realizar testes com o disco e anel indicados, aferindo se realmente condizem. As corretas escolhas destes componentes têm o propósito de evitar sementes duplas e/ou possíveis falhas na distribuição.

O produtor pode realizar uma pré calibragem de fertilizantes e sementes no galpão, porém a regulagem final deve ser efetuada em condições de plantio, na lavoura, onde encontramos a real situação de solo e trepidação da operação. Para cada tipo de fertilizante a plantadeira deve estar devidamente calibrada, para que não ocorram desuniformidades na distribuição do mesmo, considerando as diferentes particularidades, como densidade, abrasividade e tamanhos de grânulos. Na análise da semente, deve-se ter como base a densidade de plantio relacionado ao espaçamento e época de semeadura, indicadas para cada híbrido.

No momento do plantio o é importante a regulagem da profundidade de deposição das sementes, para que todas possam emergir de forma homogênea, e evitar assim plantas dominadas que além de ocasionar uma baixa produção, diminuem a rentabilidade por hectare. A deposição de semente no solo de forma muito rasa ou muito profunda prejudica a germinação. É aconselhável para solos leves ou arenosos uma profundidade de 5 a 7 cm e para solos pesados ou argilosos de 3 a 5 cm. Além destas, outras medidas também devem ser verificadas durante o plantio como o espaçamento entre uma semente e outra para que tenhamos uma população futura, adequada.

Nos últimos anos, tem aumentado a ocorrência de pragas de solo nos estágios iniciais de desenvolvimento do milho. É de suma importância, um tratamento de semente com inseticidas eficazes, levando em consideração as principais pragas daquela região e também da cultura antecessora. Com o tratamento da semente, esta muda um pouco de forma e passa a ficar mais rugosa, dificultando a distribuição uniforme pelo dosador. Uma maneira de contornar este problema se dá com a utilização de substâncias que tendem a deixá-las mais lisas, como por exemplo, a utilização de grafite. Outro aspecto relevante para o correto plantio de milho é a velocidade de operação, pois se for excessiva, pode resultar na má distribuição das sementes no sulco do plantio, o que influência diretamente na população de plantas da lavoura. No mercado existem algumas semeadoras que segundo os fabricantes permitam velocidades em torno de 8 km/h, mas para semeadoras a disco a velocidade adequada gira em torno de 4 a 5 km/h.

Seguindo todos os passos e recomendações, citados anteriormente, e o Zoneamento Agrícola da região, que nos indica a melhor época de semeadura, para minimizarmos os riscos climáticos, seguramente teremos sucesso na implantação da cultura do milho.

O Departamento Técnico da COTRISOJA está à disposição para auxiliar os produtores nesta importante operação que é o plantio da cultura do milho.

Eng. Agr. Ceser Teloken