Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

20/07
Índice de Confiança do Agronegócio cai 8,6 pontos percentuais no trimestre

Índice de Confiança do Agronegócio cai 8,6 pontos percentuais no trimestre

Pela primeira vez após o Impeachment os números ficam abaixo do patamar de neutralidade

O Índice de Confiança do Agronegócio (ICAgro) no último trimestre caiu 8,6 pontos percentuais em relação ao período anterior, fechando em 98,5 pontos, abaixo do índice de 100, considerado o nível de normalidade. A divulgação foi realizada durante evento realizado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias no Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), em Porto Alegre (RS) e contou com a participação do presidente do Conselho de Administração da Cotrisoja, José Gilberto Seibel e do vice-presidente, Carlos Nienow.  O ICAgro é realizado pela Organização das Cooperativas do Brasil (OCB) e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

De acordo com o consultor da Agroconsult, André Pessoa, que apresentou os índices durante o evento, depois do período pós Impeachment da presidente Dilma Rousseff houve um aumento no nível de confiança moderado do produtor, que permaneceu até o início do ano. Pela primeira vez desde então o nível voltou a baixar da casa dos 100. “Já estamos entrando no índice do pessimismo”, comentou.

No ICAgro, são entrevistados produtores e representantes de empresas de antes e depois da porteira. Pessoa analisou que os três grupos tiveram queda uniforme, fato raro desde o início da divulgação do índice, em 2013. “Dificilmente há uma migração por igual dos três segmentos e nesta última tomada eles se movimentaram da mesma forma. O que pesou no pessimismo foi o índice geral do país, não tanto dentro do negócio do setor”, destacou.

Nos produtores, houve diferença em relação aos agricultores e pecuaristas. Enquanto o primeiro grupo ainda manteve índice de confiança elevado, o segundo teve queda acentuada. Pessoa explicou que enquanto os produtores agrícolas tiveram um alento com a alta dos preços das commodities, embora os custos ainda estejam freando uma maior otimismo, os produtores pecuários sentem efeitos em relação às crises de imagem após operações como a “Carne Fraca”. O consultor também lembrou que a pesquisa ocorreu durante a greve dos caminhoneiros, mas que os efeitos provavelmente devem ser refletidos no próximo índice.

Foto: AgroEffective/Divulgação
Texto: Nestor Tipa Júnior/AgroEffective