Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

14/12
A hora certa da primeira aplicação de fungicidas

A hora certa da primeira aplicação de fungicidas

São muitas as questões que influenciam na produtividade da soja, porém o manejo correto das doenças é um fator que pode interferir significativamente na produtividade e consequente lucratividade do produtor rural. A decisão do momento correto de aplicação do primeiro fungicida, realizado de maneira preventiva, é o ponto mais importante de todas as aplicações de fungicida que serão realizadas durante o ciclo da soja. Então, mesmo utilizando fungicida, mas neste caso de forma tardia, provavelmente teremos um controle ineficaz e teremos de combater um surto de ferrugem ou manchas.

O momento ideal para a realização do primeiro fungicida é a partir do estádio de V5 (cinco trifólios abertos) até o pré fechamento da carreira. Neste período conseguimos atingir o fungicida nas folhas do baixeiro da soja, protegendo-as de infecções de doenças como manchas foliares, antracnose e ferrugem. Será muito difícil as gotas da pulverização atingirem as folhas do baixeiro se esperarmos a soja fechar carreira para então fazermos os fungicidas. Isso acontece devido a estrutura da planta e da área foliar maior, onde as chances da instalação de doenças, em função do microclima que se forma na parte baixeira da soja, são maiores.

A primeira aplicação de fungicida deve ser realizada independente do clima ou da presença de sintomas de doenças na área e também de maneira preventiva para que as demais também sejam realizadas em intervalos de tempo de 15 a 18 dias, evitando as chances de doenças na lavoura. Ao realizar esta aplicação ainda no pré-fechamento da carreira, o produtor estará sempre trabalhando de maneira preventiva garantindo melhores resultados e menores custos. Mas, se o produtor deixar para fazer a aplicação com a soja já fechada ele aumentará os riscos de instalação de doenças e consequentemente os custos também, pois precisará fazer os fungicidas de maneira curativa, diminuindo os intervalos de aplicação e aumentando o número de aplicações.

Também, vale ressaltar que nesta safra, segundo dados do Consórcio Anti-ferrugem, já foi encontrado um foco de ferrugem em lavoura comercial, o que justifica uma atenção redobrada por parte dos agricultores em relação a primeira aplicação de fungicidas. Assim, a primeira aplicação de fungicida deve ser realizada com o melhor fungicida do mercado, aquele que entrega o melhor performance de controle e prevenção. Sempre é melhor prevenir do que remediar.

Geórgia Luiza Maldaner – Engenheira Agrônoma.