Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

26/07
Grãos: Mercado de sementes biotech vai crescer 9,87% até 2022

Grãos: Mercado de sementes biotech vai crescer 9,87% até 2022

O mercado global de sementes biotecnológicas está projetado por especialistas da indústria para crescer a uma taxa de crescimento interanual composta (CAGR) de 9,87% durante o período que compreende os de 2018 até 2022. É o que aponta o relatório “Global Biotech Seeds Market”, produzido pela Consultoria Absolute Reports, com sedes nos Estados Unidos e Reino Unido.

De acordo com o relatório, os principais ‘players’ desse segmento são as multinacionais Bayer, DowDuPont, KWS SAAT, Limagrain, Monsanto e Syngenta. O principal fator impulsionador deste mercado é, disparadamente, o aumento global na adoção de sementes biotecnológicas.

Já o maior desafio do mercado de sementes biotecnológicas é o crescimento do mercado de culturas não transgênicas ou orgânicas. Como maior tendência, a Consultoria Absolute Reports aponta o aumento global na demanda por biocombustíveis – o que vai aquecer ainda mais a demanda por culturas com melhor performance produtiva.

O relatório abrange o cenário atual e as perspectivas de crescimento do mercado global de sementes biotecnológicas. Para calcular o tamanho do mercado, o relatório considerou a receita gerada pelas vendas das culturas transgênicas mais plantadas, incluindo soja, milho, algodão e canola. O relatório também fornece uma comparação de países-chave com base na contribuição para o nível global e regional com fabricantes, tipos, aplicações, oportunidades e desafios.

Sementes “biotech” ou geneticamente modificadas (GM) são usadas essencialmente no setor de produção agrícola. O ácido desoxirribonucleico dessas cultivares é modificado através de engenharia genética.

Por: AGROLINK