Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

01/11
Dessecação pré-semeadura da soja

Dessecação pré-semeadura da soja

O período de semeadura da soja está se aproximando. É importante que o produtor esteja atento e adote práticas de manejo que favoreçam o crescimento e desenvolvimento da cultura. Entre essas práticas, destaca-se o manejo pré-semeadura, mais conhecida como dessecação. A mesma consiste na eliminação de toda vegetação existente incluindo as plantas daninhas, antes da semeadura das culturas.

Nas áreas ocupadas com cereais de inverno, o manejo adequado de plantas daninhas durante o ciclo da cultura resulta em baixa infestação e em plantas de menor porte e estioladas, o que permite uma única aplicação de herbicida logo antes da semeadura da soja, por exemplo.

Em áreas destinadas ao pastejo ou pousio de inverno o controle das espécies daninhas deve ser realizado durante a estação de crescimento, de forma que no cultivo da soja ocorra baixa infestação. Por se tratarem de plantas de porte maior, mais vigorosa, de difícil controle, que não tiveram competição e possuem um bom sistema radicular no solo, recomendam-se aplicações sequenciais com combinações de herbicidas.

A dessecação sequencial compreende a aplicação antecipada em relação à semeadura de herbicidas sistêmicos não seletivos, complementada com a aplicação de outro herbicida de contato, associado ou não a herbicidas residuais, dois a três dias antes da semeadura da cultura. Esse tipo de manejo é indicado para infestações elevadas, de plantas bem desenvolvidas ou de difícil controle. A primeira aplicação possibilita a eliminação da cobertura de plantas de maior estatura, porém não possibilita o controle da vegetação mais rasteira. Essa aplicação possibilita a semeadura no limpo, imediatamente após a sua aplicação, e também complementa o controle propiciado pela primeira dessecação através da eliminação de eventuais rebrotes ou mesmo de plantas que escapam ao controle.

A dessecação aplique-plante consiste na aplicação de um ou mais herbicidas imediatamente antes da semeadura. A escolha do produto ou produtos a serem utilizados na área normalmente é realizada de acordo com a composição e população de plantas daninhas na área. Esse manejo é adotado com a finalidade de ganhar tempo e maximizar a utilização dos equipamentos disponíveis na propriedade, porém é uma estratégia pouco eficiente para o controle de espécies daninhas tolerantes ou resistentes ao glifosato, além de ter limitações de uso em áreas com vegetação muito densa e elevada quantidade de massa verde. A dessecação aplique-plante também pode ser realizada entre sete e dez dias antes da semeadura. Essa alternativa apresenta como vantagem o tempo um pouco mais amplo entre a aplicação e a semeadura, além do fato de possibilitar maior rendimento e melhores condições para o funcionamento das semeadoras de plantio direto.

Associado, consulte o departamento técnico-agricola da Cotrisoja e verifique a melhor opção para a sua lavoura.