Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

23/08
Com amor, melhor sabor

Com amor, melhor sabor

Hoje, embora a tecnologia avançada e presente no cotidiano das pessoas, muitos produtos precisam ter o toque especial de carinho do ser humano para apresentar um sabor especial e peculiar.

Por outro lado, mesmo vivendo em família, as pessoas que a compõem devem ter a liberdade para praticar suas qualidades e habilidades individualmente, incentivadas por quem convive com ela. “Antigamente o pai gerenciava o dinheiro da família, mas hoje é diferente. O homem e a mulher têm de trabalhar juntos, cada um desenvolvendo atividades que gosta de fazer, trazendo satisfação e prazer e também algum retorno financeiro para a família”, disse Márcia Cossul. “Eu já consegui muitas “coisinhas” para mim e as meninas com o resultado do meu trabalho e ainda auxilio nas pequenas despesas da família. Isso me traz satisfação e por isso me sinto bastante valorizada na família”.

A prática da agricultura familiar está alicerçada na cumplicidade e ajuda mútuas. Por isso, muitas mulheres estão praticando suas habilidades, ajudando a família com o resultado de sua atividade.

Márcia Cossul reside em Selbach. Recebeu convite de uma feirante para produzir cucas para serem colocadas à venda na feira. Isso já faz aproximadamente dez anos. “Eu já fazia para o consumo da família porque eu gostava de fazer (e de comer também) e todos da minha família gostavam de comer cuca. Mas nunca pensei que isso poderia ir mais longe. Ganhei uma receita. Inicialmente, a produção era pequena e ainda voltava produto da feira. Assim mesmo não desanimei porque eu sabia que meu produto tinha qualidade e sabor”.

Inicialmente, apenas um dia da semana com algum apoio da família. Hoje, são três dias por semana envolvidos na produção de cucas que os clientes vêm buscar na casa. “Embora tenha o apoio da família, prefiro realizar o meu trabalho sozinha pra manter meu padrão de qualidade no produto que ofereço aos consumidores. Alguns ingredientes são produzidos na propriedade e os restantes são adquiridos no supermercado.”

Márcia destaca o sucesso da cuca de nata tendo em vista “a amizade, a recordação familiar dos consumidores, enfim, a qualidade, o sabor e o paladar especiais contidos nas cucas e nas bolachas”.

A família de Márcia desenvolve várias atividades na propriedade e ela, além de ter a sua atividade específica, ainda ajuda nas outras tarefas que envolvem a vida diária, quando não ocupada na produção de cucas. “Amo fazer cucas e não quero e não vou parar”.

PÁG 26 E 27 - protagonista da porpria historia (3)

PÁG 28 receita