Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

09/05
Cadastro Ambiental Rural fecha abril com 81,6% das propriedades regularizadas

Cadastro Ambiental Rural fecha abril com 81,6% das propriedades regularizadas

O Serviço Florestal Brasileiro (SFB), ligado ao Ministério do Meio Ambiente (MMA), lançou um boletim extra na tarde desta sexta-feira (6), consolidando os dados do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no país até o dia 5 de maio. Mais cedo, ele havia apresentado os dados até 30 de abril. Conforme o boletim, 324,995 milhões de hectares, ou 81,69% da área passível de cadastro (de um total de 397,836 milhões de hectares), foram inseridos na base do sistema. Em número de propriedades rurais, isso significa 3,242 milhões.

Por região, a Norte cadastrou 98,053 milhões de hectares, ou mais de 100%, da área, correspondentes a 435.032 imóveis rurais. A Região Sudeste vem em segundo lugar, com 80,88%, ou 45,597 milhões de hectares, e 767.645 imóveis rurais cadastrados. Em terceiro, o Centro-Oeste tem 78,82% da área cadastrada, ou 102,372 milhões de hectares e 307.327 imóveis rurais. Em quarto lugar, vem o Sul, com 64,74% do território rural passível de cadastro inserido no CAR, ou 27,048 milhões de hectares e 929.231 imóveis rurais. Por fim, vem o Nordeste, com 59,44% da área cadastrada, equivalente a 45,214 milhões de hectares e 609.665 propriedades rurais.

Quando o CAR for finalizado – ele foi prorrogado nessa quinta (5), pelo governo federal até 5 de maio de 2017, para propriedades com até 4 módulos fiscais -, provavelmente todos os porcentuais ultrapassarão 100% de área prevista para cadastro, a exemplo do que já ocorreu no Norte do País e em alguns Estados, como São Paulo. Isso porque o SFB/MMA toma como base para calcular a área cadastrável os dados do Censo Agropecuário de 2006, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nesta década, a área agropecuária do País sofreu significativas modificações e se expandiu, como no Norte do País. Assim como o número de propriedades aumentou em relação a 2006.

Para chegar a um número o mais fiel possível do total da área cadastrada, o MMA também tem de levar em conta, além disso, os números fornecidos por Estados que optaram por ter sistemas próprios de preenchimento – Tocantins, Ceará e São Paulo (cujos sistemas são próprios mas já estão integrados ao CAR nacional), e Rondônia, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais (cujos sistemas ainda estavam sendo compatibilizados com o CAR nacional).

Alguns estados também enviaram ao MMA dados próprios e ainda desatualizados. Para o Pará, por exemplo, as informações mais recentes disponíveis são as referentes a 31 de janeiro deste ano. Para ES, SP e MT, os números referem-se, respectivamente, a 30 de abril, 1º de maio e 4 de maio.

São Paulo, aliás, apresentou nesta sexta, 6,hoje seus dados próprios – 86,52% da área cadastrável, ou 17,741 milhões de hectares, já foram inseridos no CAR paulista. Em número de imóveis rurais, o total é de 292.879, ou 90,22% do total de 324.599 – este número tem por base o Levantamento Cadastral das Unidades de Produção Agropecuária do Estado de São Paulo (Lupa), que é o censo agropecuário da Secretaria de Agricultura paulista. Se forem levados em consideração os números do Censo 2006 do IBGE, São Paulo ainda possuiria 227 mil propriedades rurais – ou seja, 128% dos imóveis rurais paulistas já teriam preenchido o CAR.

Fonte: Gazeta do Povo