Notícias Cotrisoja

Fique por dentro do que acontece no mercado agrícola regional, nacional e internacional

08/12
Agropecuária traz alento à economia gaúcha em 2017

Agropecuária traz alento à economia gaúcha em 2017

Setor primário projeta crescimento de 3,4% para o próximo ano, puxado por estimativa de safra recorde de grãos

Enquanto as projeções para a economia gaúcha indicam recuperação ainda tímida em 2017, a agropecuária estima crescer 3,4% no próximo ano – puxada por área recorde cultivada com grãos. Se o tempo colaborar, o Rio Grande do Sul poderá alcançar colheita inédita, superior a 33 milhões de toneladas.

– Semeamos a maior safra da história, mais de 8,6 milhões de hectares, temos de ser otimistas – destaca o vice-presidente da Federação da Agricultura no Rio Grande do Sul (Farsul), Gedeão Pereira, que na coletiva de fim de ano da entidade substituiu o presidente Carlos Sperotto, afastado por problema de saúde.

O desempenho positivo do Produto Interno Bruto (PIB) agropecuário em 2017 virá após um ano de retração do setor primário, prejudicado por adversidades climáticas causadas pelo fenômeno El Niño e por custos maiores de produção. Com perdas nas lavouras de arroz, e em menor escala nas de soja, o PIB agrícola gaúcho deverá fechar com queda de 3,1% em 2016.

– Esse percentual poderá sofrer algum ajuste, devido à excelente produtividade do trigo – pondera Antônio da Luz, economista-chefe do Sistema Farsul.

Se o percentual de queda for reduzido, consequentemente a projeção para 2017 será alterada, com a estimativa de PIB um pouco inferior – por conta da base maior de comparação. Independentemente de ajustes, a projeção de desempenho positivo da agropecuária, combinada com safra cheia, é o principal alento à economia gaúcha, que patina com os resultados ruins da indústria e também dos serviços.

Mais uma vez, o agronegócio será a principal aposta para o Estado voltar a crescer.

Desempenho do PIB agropecuário*

Rio Grande do Sul
2016 -3,1%
2017 3,4%

Brasil
2016 -4,8%
2017 5,5%

Fonte: FEE, Farsul – *Projeção 2016 e 2017